Repertórios socioculturais para a redação do ENEM

1481
views

Conheça conceitos e caracteristicas socioculturais que você pode utilizar em suas redações

Os temas da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), normalmente, são temas de ordem social, política, cultural ou científica. Portanto, todos aqueles – filmes, séries, filósofos, sociólogos, fatos históricos- que abordem esses assuntos dão maior credibilidade ao seu texto.

Desse modo, é indubitável que ter repertório sociocultural é essencial para obter uma boa nota na redação.

Veja também: Dicionário de alusões – alusões para redação do Enem

Então, você está coletando o máximo de informação possível ou esqueceu muitos conteúdos? Relaxa, vamos te ajudar! Hoje, trouxemos 12 repertórios relacionados, em sua maioria, à filósofos e sociólogos. Mas antes, é preciso que pegue papel e caneta e preste bastante atenção nos tópicos a seguir. Vamos lá?

• Princípio Ético de Responsabilidade Futura – Hans Jonas

O ser humano não visa as consequências que atos praticados no presente podem trazer para o futuro.

• Modernidade Líquida – Zygmunt Bauman

As relações sociais se tornam mais frágeis e fluidas, pois a alta troca de informações no mundo globalizado e o individualismo proveniente do capitalismo tornaram os indivíduos mais superficiais em suas relações.

• Contrato Social – Rousseau

O indivíduo abre mão da própria liberdade para ser regido por leis e normas. Assim, há expectativa de que estas garantam, por meio do Estado, os direitos constitucionais aos cidadãos.

• Cidadão de Papel – Gilberto Dimenstein

Há diversos casos em que os brasileiros são considerados cidadãos de papel, visto que direitos básicos constitucionais não são garantidos a toda população na realidade nacional (saúde, educação etc)

• 3° Revolução Industrial

Foto: Depositphotos

Advento que possibilitou as rápidas trocas de informações nos meios de comunicação, inclusive online, por causa de avanços tecnológicos, tais como a internet e a robótica.

• Capitalismo

Sistema financeiro que valoriza o acúmulo de bens a partir do trabalho.

• Sociedade do Consumo – Karl Marx

Na sociedade capitalista, grande parte das relações sociais pautam-se no consumo. Este deve oferecer ao consumidor uma experiência agradável, confortável, reafirmando a classe a que pertence.

• “Vigiar e Punir” – Foucault

As elites, detentoras de padrões, punem os indivíduos que não se enquadram nas preferências sociais.

• Fato Social – Durkheim

Maneira de pensar e agir coletiva, que é anterior e exterior ao indivíduo.

• Banalidade do Mal – Hannah Arendt

Um fato ocorre com tanta frequência que se torna natural e cotidiano na mentalidade social

• Campo Burocrático – Pierre Bourdieu

É um espaço de conflito de interesses divergentes, no qual predominam aqueles relacionados ao lucro.

• Violência Simbólica – Pierre Bourdieu

É o processo pelo qual a classe dominadora impõe sua cultura aos dominados.

E aí? Anotou tudo? Acho que agora da para arrasar na redação e mostrar para a banca quanto conhecimento você têm!

Esse é o primeiro de vários posts relacionados à repertórios socioculturais que teremos, então fique ligado e boa sorte!